Por que você deve ter um Planejamento Estratégico

Faltando 7 semanas para a chegada de 2018, os brasileiros já começam a olhar para o horizonte com a tradicional esperança de um futuro melhor. No ano que vem, o mercado espera expansão maior que 2017: cerca de 2,2% de avanço na Economia Brasileira, segundo o Banco Central. Para a Indústria, o desempenho é ainda melhor: 2,6%.

Com essa informação, empresas podem ficar mais confiantes em seus investimentos, o que nos leva a sermos mais estratégicos em relação a planejamentos. Alocar o orçamento aqui e ali pode ajudar a aproveitar o momento de maneira mais inteligente. Já pensou chegar ao final do próximo ano com mais tranquilidade? Isso se chama Planejamento Estratégico.

A importância do Planejamento Estratégico

O Planejamento Estratégico serve para definirmos onde queremos chegar ao final de um período. Ele serve como um “mapa” para a empresa. Esse mapa mostra qual a rota mais apropriada para que cada um dos setores chegue junto ao mesmo destino. Com ele, é possível fornecer uma orientação estratégica para que áreas como financeiro, marketing, comercial, RH e demais setores, possam alcançar o sucesso. Apesar de empresas grandes levarem o Planejamento Estratégico Anual muito a sério, não quer dizer que seja privilégio delas. Empresas de pequeno porte – e até mesmo pessoas comuns – devem construir o seu planejamento, para que não perderem de seus objetivos.

Planejamento Estratégico para Pequenas Empresas

Para se começar um Planejamento Estratégico, é preciso percorrer algumas etapas, caso elas ainda não tenham sido percorridas:

  • Definir o Negócio: quais são as atividades da empresa? Definir um negócio evita que seus esforços sejam em vão e as pessoas entendam errado suas atividades.
  • Definir Missão, Visão e Valores: a razão, o futuro e a maneira como as decisões são tomadas pela empresa. Definir essas três coisas ajuda no momento de definir um plano de ação.

Tendo essas etapas definidas, é o momento de analisar o ambiente em que você e sua empresa estão inseridos. De início, avalie fatores internos do seu negócio segmentando em pontos fortes e fracos. Depois, avalie os fatores externos: quais são os macroambientes ao seu redor? Como eles influenciam no seu negócio e como você pode influenciar de volta? Quais os comportamentos de clientes, competidores e fornecedores? Quais são as ameaças e as oportunidades?
Feito isso, defina ações a longo prazo (2 anos ou mais), curto prazo (1 a 2 anos) e metas que devem ser concluídas ao final de períodos definidos para que se cumpra a missão da empresa.

Qual é o momento ideal para se Planejar Estrategicamente?

O momento é de reflexão, por isso, o período de dezembro a fevereiro é o mais indicado para definir metas e objetivos para o ano seguinte. Como deve-se definir o que será feito, quando, por quem e com quais custos, o final e o início do novo ano tornam-se as melhores datas para a construção de um Planejamento Estratégico mais eficiente e assertivo. Com esse Planejamento, você será capaz de impulsionar seus resultados e aumentar a performance de sua empresa.
Com essas dicas, esperamos que você se sinta preparado para se planejar estrategicamente e fazer de 2018 um ano muito mais proveitoso para os seus negócios.

Joe Guidini

Joe Guidini

Diretor de Comunicação e Storytelling na Escola Caxias Criativa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimos posts

Sobre a ECC

Um hub que desenvolve Habilidades do Futuro e Novas Tecnologias através de Inovações em Sala de Aula para o transformar o Profissional do Presente em um Profissional de Alta Performance.

Siga nas redes

Empresa do grupo

Agora a Escola Caxias Criativa faz parte da ECC Hub, um hub destinado a fazer da Criatividade uma ferramenta de resultados para profissionais e empresas!